O CPPC PUBLICA ARTIGOS, TESES E LIVROS MAS QUER DEIXAR REGISRADO QUE O CONTEÚDO É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES DOS MESMOS. NEM SEMPRE EXPRESSA O PENSAMENTO DO CPPC


PRONUNCIAMENTO DO CPPC – RESOLUÇÃO CFP E LIMINAR

Pronunciamento do CPPC – Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos     O CPPC - Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos,  diante de polêmicas em torno da decisão judicial liminar expedida pelo juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho, nos autos da Ação Popular n. 1011189-79.2017.4.01.3400, sobre…


A ANAMNESE por Anavera Heringer Lisboa

Na rotina diária dos consultórios, a anamnese é uma questão ainda incompleta e insatisfatória. Um indivíduo apresenta-se buscando ajuda e tratamento, alguém que seja capaz de resolver sua demanda em saúde e, acima de tudo, um ser humano que o ouça. Nesse primeiro contato inicia-se…


SER CRISTÃO E SER PSICÓLOGO, por Karin Wondracek

Ser cristão e ser psicólogo – Reflexões sobre nossa identidade1 Karin H. Kepler Wondracek2 Para começo de conversa.... Uma pergunta que tem chegado ao Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos, vindo de dentro e de fora, é sobre como conjugar o ser profissional e viver…


A CHEGADA DE UM IRMÃOZINHO, por Simone Valerio

Cena comum de se observar são alguns problemas que podem surgir em uma família com o nascimento de uma nova criança. Muitas vezes, os pais se vêem em apuros porque, além das preocupações que fazem parte desde o início da gravidez - pré-natal, preparo de…


A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DE DEUS, por Karin Wondracek

A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DE DEUS Introdução Estamos vivendo numa época feliz para as relações psicanálise-teologia. Nas últimas décadas houve várias tentativas bem-sucedidas de aproximações, resultando em produções teóricas fundamentadas que serviram para avançar o diálogo, retirando o mal-estar entre os campos. Meu propósito nestes…


A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DE DEUS, por Karin Wondracek

Introdução Estamos vivendo numa época feliz para as relações psicanálise-teologia. Nas últimas décadas houve várias tentativas bem-sucedidas de aproximações, resultando em produções teóricas fundamentadas que serviram para avançar o diálogo, retirando o mal-estar entre os campos. Meu propósito nestes breves minutos é comentar três momentos…


A CRISE DO MASCULINO, por Dieter Kirsch

Análise e Perspectiva do Solução Pôde-se observar certamente, de uns anos para cá, que a temática da crise do masculino está despertando um interesse cada vez maior na sociedade, tanto aqui no Brasil como em outras partes do mundo. Prova disso são as publicações sobre…


A CULTURA DA DESGRAÇA E A GRAÇA DE DEUS, por José Cassio Martins

"DESGRAÇA x GRAÇA" A desgraça não acha, nem dá tempo para a graça. Isto é muito sem graça. Na verdade, não é possível achar graça na desgraça. Só os criadores da desgraça acham graça na desgraça. Deus enviou seu Filho para nos mostrar sua Graça…


A CURA DE UM SURDO-MUDO, por Karin Wondracek

Jesus saiu do território de Tiro e voltou para Sídon, em direção do mar da Galiléia, atravessando o território de Decápole. Trazem-lhe um surdo, que falava com dificuldade, e lhe suplicam que lhe imponha a mão. Tomando-o à parte, longe da multidão, Jesus pôs os…


A FAMÍLIA, por Ana Lúcia Cavalcante

FAMÍLIA Ana Lucia G. Cavalcante Família: uma expressão da criação e da criatividade de Deus. Para introduzir este compartilhar, me veio a seguinte inspiração: o jardim de Deus. Em Gênesis 2, lemos que Deus plantou um jardim e pôs nele o homem e a mulher.…


A FORMAÇÃO TÉCNICA-PROFISSIONAL DO AJUDADOR, por Simone Valério

A formação técnica-profissional do Ajudador (Esboço de um “compartilhar” em 21 de junho de 2001 - Jornada Semestral do CPPC/SP) “O essencial para o comediante é entregar-se. Para dar-se é necessário que primeiramente, possua-se a sim mesmo. Nosso ofício, com a disciplina que pressupõe... é…


A IMPORTÂNCIA DA INTERVENÇÃO EM CATÁSTROFES, por Esly Carvalho

A Importância da Intervençao em Catástrofes: novas abordagens para o acompanhamento Esly Regina Souza de Carvalho, MSc, LPC Além da caridade natural humana, por quê devemos nos preocupar em fazermos intervenções em situações de grandes catástrofes? Há muitas razões para isso, mas quem sabe a…


A RELIGIÃO E SEUS DESTINOS – FEIRA DO LIVRO 2003, por Karin Wondracek

A religião e seus destinos - FEIRA DO LIVRO 2003[1]                                        Karin Hellen Kepler Wondracek A paráfrase com o título freudiano sobre os destinos das pulsões não é acidental - mas tem um percurso que passa em Zurique, pelo gabinete do pastor e psicanalista Pfister.…


A RELIGIOSIDADE QUE ADOEÇE E A FÉ QUE RESTAURA, por Isabelle Ludovico

Em palestra recente, Karl Kepler, presidente do Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos, tratou deste tema, apontando a vida “pasteurizada” de muitos crentes que censuram certos comportamentos como dançar, beber..., mas camuflam os labirintos escuros do seu coração. Eles acabam se tornando legalistas e hipócritas,…


A SABEDORIA E A INTERFACE CRENÇA-CIÊNCIA, por Carlos Hernandez

...Se alguém está em Cristo, é uma nova criatura. O mundo antigo passou, eis que aí está uma realidade nova. Tudo vem de Deus, que nos reconciliou consigo pelo Cristo e nos confiou o ministério da reconciliação. Pois de qualquer forma, era Deus que em…


A SEXUALIDADE MASCULINA DA MULHER, por Vera Schonardie

O relato bíblico da Criação pretende recordar ao ser humano três princípios basilares que deveriam ser o fundamento da história de vida na Terra: a) A existência de um Ser Superior, maior do que tudo e todos que aqui realizam seu processo vital. O humano…


AFINAL, O QUE QUER UMA MULHER? por Karin Wondracek

Pergunta que marca o impasse da psicanálise com o destino do feminino nas últimas décadas. Será que Freud compreendeu o que nós queríamos? Parece que esta incompreensão não é privilégio do pai da psicanálise. Se olharmos para trás, quando é que a mulher foi entendida?…


AFINAL, QUEM TINHA RAZÃO ? ENTRE FREUD E A BÍBLIA, por Maria Folberg

Maria Nestrovsky Folberg Desde a publicação da obra polêmica de Freud - “Moisés e o Monoteísmo” - foram inúmeros os comentadores que se colocaram a favor ou contra os argumentos expostos pelo criador da Psicanálise. Principalmente hermeneutas bíblicos e talmudistas contestaram a posição de Freud,…


APRENDENDO A ENVELHECER por Joel Tibúrcio de Sousa

Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; eu disse no meu coração: Deus julgará o justo e o…


ASTROGÊNESE, NOVA TEORIA PSI, por Uriel Heckert

INTRODUÇÃO Recentemente eu estava na ante-sala do Diretor do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Fora rever minha casa, onde fiz a Residência em Psiquiatria. Ali sempre respira-se as novidades do campo psi, mas confesso que não esperava tanto. A conversa que ouvi transcorria, na ver­dade,…


BIOLOGÍA DE LA RESSURRECCIÓN por Carlos Hernández

Flujo de ideas crudo acerca de la biología dela resurrección: Antecedentes Bergson retoma con el “elan vital” la idea que “algo” traspasa la objetividad clínica de la biología científica moderna. Es a esa vida que nos trasciende (traspasa) a la que me refiero cuando hablo…


BUSCANDO O EQUILIBRIO DO SER, por Madalena Borges Araújo

Vaidade de vaidades, diz o pregador; vaidade de vaidades, tudo é vaidade. Que proveito tem o homem de todo o seu trabalho, com que se afadiga debaixo do sol? Geração vai e geração vem; mas a terra permanece para sempre. Levanta-se o sol, e põe-se…


CEIA TRANSCENDENTE, por J. Cássio Martins

CEIA TRANSCENDENTE Lucas 22: 14-16, 19-20   Que é que temos diante de nós aqui agora? Todos podemos tranqüilamente responder: a Santa Ceia do nosso Senhor Jesus Cristo. Porém, é preciso ver que a Ceia que celebramos só é realmente a Ceia do Senhor Jesus…


CELEBRAÇÃO DE IDENTIDADE E PRESENÇA, por José Cássio Martins

Em que a Ceia do Senhor e o CPPC são semelhantes? Ambos são revelações de IDENTIDADE e PRESENÇA, tanto de Jesus, como dos discípulos, os de então e de agora, que somos NÓS PRÓPRIOS, HOJE, AQUI. - Leitura Bíblica: Lucas 22:7-23 Finalmente, chegou o dia…


CLASSIFICAÇÃO DE TRANSTORNOS MENTAIS E DE COMPORTAMENTOS DA CED-10, por Eldo Elias de Lima

ENFOQUE PRINCIPAL - F64; F65; F66. (TRANSTORNOS DE IDENTIDADE SEXUAL - TRANSTORNOS DE PREFERÊNCIA SEXUAL - TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS E DE COMPORTAMENTO ASSOCIADOS AO DESENVOLVIMENTO E ORIENTAÇÃO SEXUAIS.) A) HISTÓRICO: - No final do Século XVIII, Pinel fazia grande Revolução do diagnóstico dos transtornos mentais; -…


COMO FICAM AS PSICOTERAPIAS NOS UMBRAIS DO NOVO SÉCULO?, por Fátima Fontes

Daqui há menos de quatro anos, estare­mos chegando ao ano 2000. Que asserção tão óbvia! Porém quantos de nós já pararam por um tempo, para refletir nas implicações de tal realidade? Queria neste artigo, compartilhar com vocês algumas de minhas inquietações neste sentido, além de…


COMO JESUS CUIDAVA DAS PESSOAS, por Karin Wondracek

Em português temos dificuldades para caracterizar a ajuda a outra pessoa. Várias palavras têm sido oferecidas: cura de almas, aconselhamento, terapia, pastoreio, poimênica... cada uma com seus méritos e limitações. Ultimamente, a expressão cuidadotem comparecido com maior freqüência, e auxiliado a compreender a amplitude que…


CONSIDERAÇÕES SOBRE A TERAPIA DO CRISTÃO, por Karin Wondracek

"Eu vim te procurar porque tu és cristã, não é?" Depois de ouvir esta pergunta repetidas vezes, resolvi me interrogar sobre o seu conteúdo. Sendo normalmente proferida por um cristão que vem buscar auxílio, penso que traz vários significados. "EU vim te TE procurar porque…


CONSTRUYENDO FAMILIAS SALUDABLES, por Jorge E. Maldonado

Los modelos médicos tradicionales nos indujeron a pensar en la familia a la luz de sus carencias, desajustes, problemas y necesidades.  Los recursos fueron colocados del lado de los que la auxiliaban: los médicos, los psicólogos, los trabajadores sociales, las agencias de ayuda incluyendo a…


CONVITE À REFLEXÃO, por Glaucia Pereira de Medeiros

A reunião de diferentes saberes, expressos através da Psicologia, Psiquiatria e Teologia oportunizada através de um Congresso é, necessariamente, um convite à indagação de como estão estas nossas lentes de apreensão e compreensão da realidade, das relações entre os sujeitos humanos, do mundo tal qual…


CPPC – A RIQUEZA DE UMA PERTINÊNCIA, por Deusa Robles

“É  na amizade que as profundezas   da  Sombra são sondadas com amor.”  (Craig) Há muitos anos atrás, quando eu ainda era uma psicóloga recém formada, cheia de ilusões, expectativas, presunções e pré-conceitos, conheci o CPPC. Confesso que na época não me interessei muito, pois acreditava…


CREIO NA RESSURREIÇÃO DO CORPO… E NA COMUNHÃO DOS SANTOS, por Carlos José Hernández

A crença cristã na ressurreição do corpo e na comunhão dos santos fornece um suporte muito particular para o conhecimento científico em tempos de desorientação. Esta afirmação do Credo tem estado subjacente ao empreendimento universitário do Ocidente. Nos primeiros 1500 anos a crença construiu um…


Cristãos, Psicólogos/Psiquiatras: nossa auto-definição

Ultimamente temos sido perguntados com mais frequência sobre como nos definir e nos apresentar enquanto profissionais psi e também cristãos. Visando um melhor esclarecimento, a Diretoria Nacional do CPPC reuniu-se e preparou este documento: Prezados profissionais membros do CPPC, No CPPC temos aprendido a conjugar…


CUIDANDO DE HOMOSSEXUAIS EVANGÉLICOS: uma trajetória em três papéis, por Fátima Fontes

Cuidando de homossexuais evangélicos: uma trajetória em três papéis “Não quero apenas soluções, mas reflexões. Eu não necessariamente preciso saber qual a solução para tudo no mundo, mas apenas desejo que pessoas juntas possam pensar. Para que várias pessoas pensem, é necessário a desconstrução do…


CULPA E GRAÇA APROXIMAÇÃO PSICANALÍTICA, por Karin Wondracek

Texto apresentado no painel sobre Culpa, CPPC-Porto Alegre, agosto 1996 Este painel lembra um evento ocorrido em 1927, quando Sigmund Freud e o pastor e psicanalista Oskar Pfister debateram o texto "O Futuro de uma Ilusão". Pfister respondeu através de um ensaio intitulado "A Ilusão…


DA EXCLUSÃO SÓCIO-FAMILIAR À POSSIBILIDADE DO AFETO, por Fátima Fontes

Workshop Psicodramático no III Forum Social Mundial Introduzo este texto sobre a oficina apresentada no III Forum Social Mundial, na qual apresentei  o trabalho que venho desenvolvendo desde março de 2001, inicialmente na cidade de Sorocaba, e desde julho 2002, também em São Paulo, com uma…


DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DOS NÚCLEOS LOCAIS DO CPPC

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DOS NÚCLEOS LOCAIS DO CPPC O desenvolvimento dos trabalhos dos Núcleos Locais do CPPC deve acontecer de forma autônoma, porém integrada dentro da Região na qual está situado e também ao funcionamento geral do CPPC Nacional. Para isto, alguns critérios norteadores são…


DO HORROR DO IMPURO AO CONCEITO DE PECADO: A QUESTÃO DA CULPA, por Sérgio de Gouveia Franco

É comum a crítica de que a religião estimula e se assente sobre o sentimento de culpa. Em particular a fé cristã pode ser atacada como uma fé que neurolize e infantilize a alma humana manipulando a culpa ou o medo. Não vamos negar que…


EBD: LUGAR DE CRIANÇA APRENDER A AMAR?, por Cleydemir de Oliveira Santos

Pr. 22: 6 - Ensina o seu filho no caminho em que deve andar até quando crescer não se desviará dele. I Re. 9: 4 Há bem pouco tempo as escolas públicas estavam reunidas com os conselhos tutelares para discutir a questão do aluno-problema na…


ENTRE GALILEU, FREUD E JOÃO; AMOR, DESAMOR E ANTROPOLOGIAS, por Karin Hellen Wondracek

Introdução: de Penedo a Conservatória Com muita emoção aceitei este convite da “turma do Rio”... e logo me reportei ao Congresso do CPPC de 1998, em Penedo, onde nos alegramos juntos pela amizade entre Freud e Pfister, e vimos que este psicanalista e pastor foi…


ESPIRITUALIDADE E SEXUALIDADE, por Dr. Carlos Hernandez

Simone Weil é uma intelectual francesa da maior importância neste século. Ela se converteu ao cristianismo, uma citação de seu pensamento que gostaria de fazer é: Ao homem foi dada uma divindade imaginária, para que ele se desprenda dela, da mesma maneira que Cristo se…


ESPIRITUALIDADE, FAMÍLIA E ÉTICA, por Uriel Heckert

“Todos eles eram homens que co­nheciam bem os fatos daquele tem­po, e sabiam qual o melhor ca­minho para seguir” (I Crônicas 12:32). Eis aqui reunidas algumas das mais instigantes questões do nosso tempo: ética, família e espiritua­li­da­de. Poucas décadas atrás, seria difícil prever que, mesmo…


EXPERIÊNCIA RELIGIOSA E PROCESSO PSICOTERAPÊUTICO, por Madalena Araújo

  "Deus continua preocupado com a necessidade humana e não com a perversidade humana, com o fracasso do destino humano mais do que com o fracasso do dever, não com o seu passado pecaminoso, mas com o potencial de redenção. Se Deus confirma pacientes e…


ÉTICA DE PAULO A FREUD, por Karin Wondracek

Fala de ética quem tem autoridade para tal - um velho, um sábio, uma pessoa experiente. Nesta posição me sinto confortável com meu desconforto, porque acho que falta muito para isso. Fui ver o conceito de ética, e tive uma interessante surpresa com a etimologia…


FALSO SELF: A PERSONALIDADE ARTIFICIAL E ADAPTADA, por Celso de Oliveira

A noção de Verdadeiro e Falso Self, familiar entre os psicanalistas, remete a uma das mais valiosas contribuições de Donald Woods Winnicott à psicanálise.  Inglês de nascimento, fez sua passagem da Pediatria à Psicanálise quando atendia a crianças evacuadas e separadas dos pais durante a…


FAMÍLIA, CRISE E VALORES, por Almir Linhares de Faria

No decorrer da história, os grupos humanos tiveram que enfrentar e conviver com diferentes realidades. A família, como uma instituição social, está sujeita às influências que a realidade cultural e histórica determinam. Atualmente é comum, devido ao divórcio, viuvez ou adoções de crianças por pessoas…


FERIDOS QUE CURAM, por Isabelle Ludovico

Provérbios de Salomão, na Bíblia, nos convidam a “entender o nosso próprio caminho” (Pv 14:8) e “estar atentos para os nossos passos” (Pv 14:15). De fato, a maturidade provém da capacidade de compreender a nossa história e integrar as peças esparsas do quebra cabeça que…


HERMENÊUTICA E PSICANÁLISE NA OBRA DE PAUL RICOEUR: UMA RESENHA, por Rubem Alves

Trata-se de um belo trabalho sobre o filósofo francês Paul Ricoeur. Ao lado de Merleau-Ponty, mais conhecido nos círculos intelectuais brasileiros, Ricoeur dá uma contribuição peculiar e criadora ao avanço da fenomenologia. O emi­nente e rigoroso pensador  se destaca como uma das mais lúcidas fontes…


HOMOSSEXUALIDADE NO MEIO CRISTÃO, por Rev. Zenon Lotufo Jr.

"Não existe provavelmente outra palavra (homossexualidade) em nossa língua que seja um símbolo tão grande de controvérsia e que provoque tão rápidas reações emocionais." Gary Collins, psicólogo evangélico em "Aconselhamento Cristão" (Edições Vida Nova) "A homossexualidade é um problema tão inflamável no momento dentro da…


HOMOSSEXUALIDADE: A PESSOA DO HOMOSSEXUAL EM SUAS CONEXÕES SISTÊMICAS , por Fátima Fontes

"Eu passei muito tempo, aprendendo a beijar Outros homens, como beijo meu pai. Eu passei tanto tempo pra saber que a mulher Que eu amo, que amarei, será sempre a mulher,como é minha mãe. Como é minha mãe, como são seus temores Meu pai, como…


HOMOSSEXUALISMO E PSICANÁLISE, por Ângela Louzada Santos

Na psicanálise, a homossexualidade não é tratada em momento algum como uma doença, mas sim como um conjunto de sintomas. Dito em outras palavras, conforme estaremos vendo, é uma defesa maníaca , uma maneira do ego se proteger face a determinadas ansiedades de ordem essencialmente…


IDENTIDAD Y PRESENCIA, por Carlos José Hernández

(Estos son apuntes para ser leídos y que por tanto no tienen la característica de una prosa). [Entre colchetes, a tradução de termos mais difíceis do espanhol] Hay una relación complementaria entre ambos términos. La presencia de la Palabra reconfigura permanentemente los ordenes que organizan…


INCLUSÃO SOCIAL E ESPIRITUALIDADE: UMA TRANSFORMAÇÃO POSSÍVEL? por Karin Wondracek, Carlos Hernández

A hostilidade das ciências sociais com a religião, nos últimos séculos, tem afastado as possibilidades de diálogo e de verificação das contribuições da espi-ritualidade para o resgate da cidadania. Compreende-se esta raiva acumulada pelos séculos de matanças em nome de Deus, de destruição de povos…


INFOXICAÇÃO, por Márcia Casali

Entrevista a Jornalista Márcia Casali (Brasília): O crescimento da internet está levando pessoas a refletirem sobre sua relação com o computador ou intoxicados de informação. O estresse causado pela hiperconectividade e a sensação de estar sempre desatualizado, causa a chamada infoxicação. Quais os sintomas e…


INTEGRANDO UM GRUPO EM TEMPOS DE VIOLÊNCIA, por Fátima Fontes

Introduzindo a questão: Quando no início de 2002, planejamos nosso ano de atividades CPPC/ SP, em Araçariguama, mais especificamente na casa de nossos queridos Karl e Vera, muito longe do agito e da violência urbana, tínhamos clara a missão do ano: escarafunchar a questão da…


INTERDISCIPLINARIDADE E O PROJETO DE LEI DO ATO MÉDICO, por Adiléa Dianin

1. CONCEITO DE SAÚDE Segundo a OMS saúde é um estado de equilíbrio e completo bem-estar físico, mental e social. A partir disso é preciso observar, primeiramente, qual o conceito de saúde está sendo adotado em relação ao Projeto de Lei do Ato Médico. Hoje…


INTERPRETAÇÃO PSICANALÍTICA DO CAPITALISMO¹, por Karin Wondracek

1. Limitações e alcances da interpretação psicanalítica A psicanálise trata das raízes inconscientes do comportamento humano, e desta forma estabelece uma relação entre a história do indivíduo e a história dos grupos e sistemas sociais. Algumas ponderações iniciais para delimitar os alcances e também as…


INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL EM DESASTRES E CATÁSTROFES, por Ageu Heringer

Reunião científica CPPC-SP  “Desastres e o papel dos psicólogos e afins” SP, Univ.Presbiteriana Mackenzie, 28 de maio de 2011 Ageu Heringer Lisboa* A emergência de catástrofes naturais ou a ocorrência de acidentes e conflitos de grande porte em zonas urbanas e rurais, por sua natureza…


JOSÉ DO EGITO ELABORAÇÃO E SUPERAÇÃO DO TRAUMÁTICO, por Karin Wondracek

Ao estudar a história de José em Gêne­sis, na Bíblia, para trabalhá-la com um grupo de crianças, algo começou a se mover dentro de mim, de forma muito intensa - posso dizer que me co-moveu muito. Idéias começaram a passar na minha mente, até que…


LIMITES: PSICOLOGIA, IGREJA E ESPIRITUALIDADE, por Karl Kepler

Dedico este texto para pessoas que, como eu, cresceram e se criaram no meio evangélico e hoje têm dúvidas sinceras sobre o que aprenderam nesse meio Também peço licença para me expressar de modo mais existencial: falo as coisas como a gente as sente, não…


MAL-ESTAR NA SEXUALIDADE por Karin Wondracek

Sexualidade – um tema mal-dimensionado em âmbitos pastorais – se nos tempos antigos não se falava nele, agora talvez se fale demais, a ponto de determinar com peso de dogma detalhes da esfera íntima. E na psicologia?  A partir de Freud, a importância da sexualidade…


MEU ENCONTRO COM DEUS, por Carlos Hernández

Como o Senhor me visita e como me relaciono com Deus? Como Nicodemus, eu me aproximo à noite. Busco a luz, mas tenho medo dela, pois ela revela a minha sombra que tenho dificuldade em assumir. Busco uma relação regressiva, um deus que me mima.…


MIRAGENS DA VIA CRUCIS, por Carlos José Hernández

Um Outro Mundo Possível A empinada ladeira ajuda na introspecção. De alguma parte de meu interior as imagens começam a saltar como pipocas na panela. Saltam de textos e conferências, de reuniões e Santas Ceias, de festas e funerais, e aderem sinistramente ao meu rosto.…


MODERNIDADE E SEUS VAZIOS, por Dom Celso Franco de Oliveira

NÃO IMPORTA, RESPONDEU A CRIANÇA, SE ALGUÉM FALAR A LUZ VEM” As seitas e o fanatismo atual crescem diante da impossibilidade de um  mundo moderno dar conta de questões profundas da alma humana. A modernidade nos lega nesse preciso momento histórico uma nostalgia quase melancólica…


MOISÉS: O DEUS DOS 40 (E 20 DO CPPC), por Karin Wondracek

É com muita emoção que penso nestes 20 anos passados. Lembro do contato inicial com CPPC como estudante, cheia de ideais e interrogações. Senti naquela vez que me acolherem com ambos. E os anos se passaram com muitas experiências marcantes neste tempo - houve crises…


MOVIMENTO SOCIAL E CULTURAL HIP HOP, por Angele Bidone Lopes

Uma alternativa de proteção social a adolescentes em situação de maior vulnerabilidade social. Um olhar sobre a questão social: Aqui em Porto Alegre tem se tornado comum a presença de crianças fazendo “malabarismos” na frente dos carros, quando fecham as sinaleiras. São breves “shows”, realizados…


NEUROSE CRISTÃ INDUZIDA, por Watson, P.J.; Cohen, E.J.; Folbrecht, J.

Um exame  dos Paradoxos Pragmáticos e da fé cristã Induced Christian neurosis- An examination of pragmatic paradoxes and the Christian faith. Tradutor: Adami A. Gabriel,Psicólogo Clínico Psy.D Student at Texas School of Professional Psychology. Argosy University/Dallas   Há atualmente um número substancial de cristãos que…


NO EXTREMO DA EXCLUSÃO SOCIAL, por Uriel Heckert

Moradores de rua e enfermos mentais Dr. Uriel Heckert conduzindo sua oficina no III Forum Social Mundial Nas últimas décadas, verificou-se mudança significativa no perfil da parcela da população que vive nas ruas dos centros urbanos.  Não se trata mais daqueles antigos mendigos que esmolavam…


NOITE BEM (MAL) DORMIDA, por Cleydemir Santos

Era para ser uma noite comum. As crianças já dormiam, após lerem os capítulos que vão dar a elas o prazer de terem lido a Bíblia toda em um ano. O relógio já dizia que era hora de dar ao corpo o descanso que merecia…


O AFETO NA VIOLÊNCIA JUVENIL – PROPONDO CAMINHOS DE MUDANÇA, por Fátima Fontes

Quando dois anos atrás, apresentei no III Forum Social Mundial, a intervenção psicossocial que realizava com multifamílias que tinham seus filhos autores de ato infracional, me encontrava na metade de meu Mestrado em Psicologia Social na PUC/SP, e portanto em pleno processamento intelectual do impacto…


O AMOR DOS HOMENS NA SOCIEDADES, por Ageu Heringer Lisboa

O amor humano:Sentimentos, desejos e expressões favoráveis de alguém a outrem; se mostra como bom cuidado, boa atenção, empatia e simpatia de alguém para com o seu próximo; moções afetivas e disposição mental favorável a pessoas, independente de retribuição e reconhecimento; expressões construtivas entre pessoas.…


O ATENDIMENTO PSICOLÓGICO E A RESOLUÇÃO DO CFP, por Ana Mercês Bahia Bock

Um dos catalisadores das contribuições presentes nestes artigos foi, sem dúvida, a Resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia. Desde o seu surgimento suspeitava-se que o CPPC (ou, o que conheciam dele) fosse um alvo privilegiado. Houve o entendimento de que o CFP estaria proibindo…


O CAMINHO DA INDIVIDUAÇÃO E DA CONVERSÃO, por Julio César Silveira

"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do…


O CPPC ONTEM E HOJE, por Ageu Henriger Lisboa

Apresentando Primórdios O contexto da época - inícios dos anos 70, era altamente politizado, auge da guerra-fria, com predomínio do pensamento das esquerdas em todas universidades. Espírito racionalista, marxismo hegemônico, especialmente nas Ciências Humanas. Qualquer religiosidade era vista como subdesenvolvimento intelectual, anti-científica e retrógrada. Apresentar-se…


O DEUS DOS PEQUENINOS por Ageu Heringer Lisboa

A consciência dos povos sobre o lugar das crianças está, até que enfim, evoluindo. Leis e acordos internacionais partem do princípio básico da dignidade e fragilidade da vida da criança que, portanto, necessita proteção especial. Organizações humanitárias de vários matizes filosóficos implantam trabalhos de promoção…


O ENCONTRO TERAPÊUTICO, por Deusa Robles

“Não saias; é no interior do homem que habita a verdade.”       (Jung) “Aventurar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo.  E  aventurar-se  no  sentido  mais elevado é precisamente tomar consciência de si próprio”.   (Kierkgaard) Nessa época de ansiedades, incertezas, guerras, perdas…


O ETHOS NO CAMINHO DA DOR, por Sérgio Carneiro

Qual a relação entre a ética e a dor, a angústia, o sofrimento, o desespero em que muitos hoje vivem? A ética tem produzido muitos debates no nosso meio acadêmico e principalmente religioso, onde posições extremadas e radicalismos ocupam o lugar daquilo que poderia nos…


O EVANGELHO PARA CRENTES por Karl Kepler

Que Fazer Quando a Igreja Faz Mal Geralmente a Igreja faz muito bem às pessoas que dela se aproximam, especialmente as que são resgatadas de um modo de vida bastante corrompido, que de fato lhes fazia muito mal (“o mundo”). Mas há casos (cada vez…


O HOMOSSEXUAL DE ROMANOS 2, por Karl Kepler

Romanos 1.16-32 16 Eu não me envergonho do Evangelho, pois é o poder de Deus para salvar todos os que crêem; primeiro os judeus, e depois os não-judeus. Porque o Evangelho mostra que Deus nos aceita por meio da fé, do começo ao fim. Como…


O LUTO ADOLESCENTE, por Doraci Ribeiro da Cruz

Abordaremos a questão do luto adolescente em duas vertentes: o luto do jovem adolescente que inclui, entre outros, o do corpo de criança, o luto pelos pais da infância, e o luto vivido pelos pais. Antes, porém, de entrar no tema propriamente dito, falaremos um…


O PSICÓLOGO CRISTÃO SAINDO DO ARMÁRIO, por Alex Rocha, Cristiana Wadt e Deusa Robles

“Se for macho será Horácio, se for fêmea será Jurema” “Homem com homem dá lobisomem, mulher com mulher dá jacaré” “Homem com homem, mulher com mulher, faca sem ponta, galinha sem pé” Bons tempos aqueles em que tínhamos certezas; mas seriam certezas mesmo ou simplesmente…


O QUE É EMDR (O EMDR MUDOU A MINHA VIDA…), por Esly Carvalho

Primeiro, mudou a minha vida pessoal. Um dia fui numa terapeuta para arrumar um pedaço antigo de uma memória que me incomodava e como não tinha muitas opções de terapia (alcançáveis ao meu bolso já que na época morava nos EUA), marquei hora com quem…


O SISTEMA DE CRENÇAS DE MORENO E O PSICODRAMA, por Fátima Fontes

Antes de estruturar a teoria das relações interpessoais como pro­duto do pensamento psiquiátrico, sendo este um dos pontos de crença de Moreno, diz ele que chegou “primeiro o pensamento religioso e ético ... A teoria das relações inter­pessoais nasceu da religião”. (Mo­reno, 1889 - 1947,…


O SOFRIMENTO PSÍQUICO NA SUBJETIVIDADE DO CAMPO P S I, por Rubens Ruprecht

Quando se pensa em sofrimento humano, especialmente no campo psi, surgem algumas questões, no mínimo, intrigantes quanto aos aspectos constitutivos de sua dinâmica. Muitas vezes tem-se a impressão de não haver uma correlação imediata e precisa do sofrimento informado em função da gravidade alegada, isto…


O STRESS DO MINISTRO RELIGIOSO por Eunice Pedroso M. Assumpção

Índice de textos O STRESS DO MINISTRO RELIGIOSO por Eunice Pedroso M. Assumpção Página 2 Página 3 Página 1 de 3       Vida Cotidiana Este trabalho é parte da dissertação de mestrado em Teologia com concentração em Aconselhamento,   sob o título  “STRESS, TRABALHO…


O TERAPEUTA E SUA SOMBRA, por Deusa R. T. Robles

"As fronteiras da alma são incertas, e o locus do trabalho psicológico nunca pode ser só você ou só eu; ele diz respeito a nós dois." (James Hillman) Num olhar atento para nossa Sombra, nós, terapeutas, que lidamos com a angústia humana, nos deparamos com…


OLHANDO PARA O FUTURO, por Uriel Heckert

Até quando uma instituição consegue nutrir-se da utopia que lhe deu origem?  Os entendidos em organizações advertem que, com o passar do tempo, tende-se a deixar de lado o entusiasmo e o voluntarismo que se vêem no surgimento dos empreendimentos humanos e que os sustentam…


ONDE DEUS MORA?, por Alex Rocha

Outro dia entrou no meu quarto o Lúcio, companheiro de viagens musicais, guitarrista de mão cheia. Acontece que no meu quarto tem duas camas de solteiro, resquícios do tempo de solteiro de meu primo. E o Lúcio me perguntou: "Quem dorme neste quarto?". Em minha…


OS DESAFIOS DE SER PSICÓLOGO CRISTÃO HOJE, por Karl Kepler

Esse tema, embora não seja monopólio do CPPC, tem acompanhado passo a passo todas as etapas da nossa história. Nesta etapa presente, em plena pós-modernidade de início de milênio, gostaria de destacar três dilemas, entre tantos avanços e retrocessos: a já clássica tensão entre ciência…


OS QUATRO CAVALEIROS DO APOCALIPSE por Carlos “Catito” Grzybowski

Carlos “Catito” Grzybowski   Uma figura metafórica sempre tenebrosa e muito utilizada, em especial no cinema, é a dos quatro cavaleiros do Apocalipse, que espalham terror e destruição por onde passam.   Aproveitando a metáfora, gostaria de pensar nos quatro principais inimigos de um relacionamento…


OS SALMOS E OS CONSELHEIROS CRISTÃOS, por Elizabeth C. Gomes

Morrendo de cansaço, faz uma leitura rápida de um salmo antes de dormir. Leu a Bíblia. Dever cumprido. Quantas vezes já fiz isso! É provável que você também tenha de admitir exssperiência semelhante. Ignoramos a profundidade teológica dos salmos com uma atitude displicente de tratá-los…


OS TRÊS FUNDAMENTOS, por Paulo Einsfeld (CPPC/SUL – Foz do Iguaçu: Ética na virada do Milênio)

Tentei entender o tema dessa mesa redonda. Gosto de brincar com as palavras e me perguntei se hoje não se opta por dois tipos de ética: "a ética virada" ou "a ética da virada"? Temos à nossa volta, uma ética virada contra a fé cristã;…


OUVIR A PALAVRA E DESCOBRIR A ALMA, por Carlos Hernández

A intimidade com a Palavra afeta nossa própria intimidade e nossa relação com o outro. A alma procura a relação, a integridade. É um centro integrador que nos salva da capacidade dissociativa do ego. É aquilo em nós que deseja Deus (como o girassol). As…


PAIXÃO, AMOR E IMPASSE, por Rosely Jorge

Começa com um gostar de estar juntos, logo estamos perdidos no tempo, pensando no outro e aí algo vai crescendo dentro da gente... um sentimento tão forte  que se apossa de nós e denuncia este estado de paixão. Assunto presente e recorrente em nossa cultura,…


PASTOR E PSICÓLOGO TRABALHANDO JUNTOS, por Dr. Adami A. R. Gabriel

Alguns pensam que é difícil harmonizar o trabalho do pastor e do psicólogo, que não podem trabalhar juntos. Os mais radicais chegam ao extremo ao dizer que trabalham com objetivos diametralmente opostos. Já ouvi a frase de um pastor de posição eminente: "aos psicólogos não…


PEDRO – SEM LENÇO, SEM DOCUMENTO… SEM PASTOR!, por Uriel Heckert

Decidi-me por um sábado diferente.  Acordei bem cedo, logo liguei o computador e iniciei aqueles "downloads" que estavam à espera de melhor ocasião.  Enquanto a máquina trabalhava, coloquei em prática a sugestão do "Leamos la Bíblia": "Intente levantarse um día cuando aún es oscuro, y…


PODER E SUBJETIVIDADE, por Ageu Heringer Lisboa

Poder e subjetividade Congresso CPPC – Brasília, 21-24 abril 2011 Falar de poder remete-nos à origem de todas as coisas. O que existe veio a existir devido à energia ou potência implícita do fato criador. Nas Escrituras Deus é a potência criadora em si, a…


POEMA PARA O PERCURSO DE UM CORPO, por William Duarte Matos

Por entre palavras e o Verbo O corpo se encontra Por entre subjetividades o corpo se expõe Por entre a Psico e a Teo um corpo vagueia Um corpo nu, vivo e falante Um corpo presente de alma pensante e Espírito vivificante Um corpo somente…


POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES DA TEOLOGIA À PSICOLOGIA E PSIQUIATRIA, por Gottfried Brakemeier

Gottfried Brakemeier Inicio com uma calorosa saudação a todas e todos que participam deste XV Congresso Nacional do CPPC, isto é do "Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos", bem como aos hóspedes que o prestigiam por sua presença neste ato de abertura. Agradeço pelo convite…


PREPARO PARA CELEBRAÇÕES, por Ageu Heringer

O barro e a cultura De “substância ainda informe” Sl.139.16 - até o tempo do nosso nascimento, sofremos seguidas trans-formações. Nossa mãe-útero obedeceu tanto a um impulso biológico inconsciente que a predispôs a um encontro sexual com um parceiro masculino quanto seguiu certas orientações da…


PRESENTEAR COMO GESTO DE GRATIDÃO E GENEROSIDADE, por Rosely Jorge

Em uma sociedade cada vez mais individualista, a arte de presentear se torna cada dia mais sofisticada, requintada, com inúmeras facilidades encontradas em um mundo em que o "fast", o instantâneo e a massificação predominam e muitas vezes, estão a serviço de interesses pessoais e…


PRINCÍPIOS DE ACONSELHAMENTO PASTORAL, por Karl Kepler e Albert Friesen

CONDIÇÕES BÁSICAS 1. Ciente do seu "valor"  I Tim 1.15  - o pior dos pecadores; também Rm 7.14,18 - em mim não habita bem nenhum;  e Romanos 2.1-4 , Rm 2.17-24 - tu fazes o mesmo que condenas. Nossa diferença fundamental de Jesus. 2. Seguindo a…


PROVAÇÃO E DEVOÇÃO ANOTAÇÕES DE UM RETIRO COM CARLOS HENÁNDEZ

Diante de provações que geram dor e questionamentos, precisamos desconstruir nossa imagem de Deus, trazer à memória experiências da Graça e reconstruir esta Imagem como um mosaico com as peças que representam estas manifestações da Graça. Aí, descobrimos uma beleza ainda mais intensa que nos…


PSICODINÂMICA E SACRODINÂMICA, por Uriel Heckert

“Jesus crescia em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e diante dos homens.” (Evangelho de Lucas 2:52, Bíblia de Jerusalém, Ed. Paulinas, 1979)   Introdução O desenvolvimento psíquico tem sido objeto de estudo da Psicologia, a partir de diferentes enfoques teóricos e…


PSIQUIATRIA E CRISTIANISMO, por Uriel Heckert

Introdução Sabe-se que a época do Renascimento foi decisiva para o desenvolvimento da humanidade.Rompendo com velhas tradições,introduziu uma nova visão de mundo que ensejou o processo do conhecimento em suas várias frentes. Autores reconhecem que o vigoroso movimento religioso da Reforma,ocorrido neste fervilhar de inovações,…


PSIQUIATRIA E RELIGIÃO NO ATENDIMENTO AOS DEPENDENTES QUÍMICOS, por Frederico Vasconcelos

Ao longo do tempo, sempre existiu uma forte correlação entre depen­dência química e religião. Já nos tra­balhos de Tomas Trotter, existia uma preocupação em responder aos clé­ricos e moralistas que consi­de­ravam os bebedores contumazes como pes­soas com problemas morais graves e vítimas da sua própria…


QUARESMEIRA, por Alex Rocha

Quem passa pelo sul das Gerais sabe que igreja tem que ter sino. Não sei porquê, mas  só as igrejas católicas têm sino na torre. Apesar de criado na tradição protestante, sempre fui simpatizante da igreja católica no quesito sino. E o sino não é…


QUE TRANSFORMAÇÕES A PSICANÁLISE REQUER DA ÉTICA E DA EDUCAÇÃO MORAL, por Oskar Pfister

Quando a psicanálise iniciou sua jornada triunfal, todos os que estavam estreitamente associados a ela encheram-se de orgulho e contentamento. Uma hoste de inválidos que, não podendo ser ajudados pelos meios disponíveis à época, foram curados. Os resultados eram levados a efeito não apenas pela…


RECOMEÇAR A RELAÇÃO APÓS UMA TRAIÇÃO É POSS�VEL?, por Claudia Correia

Traição! Alguns casais enfrentaram ou enfrentam esta dor. Na verdade, a parte que trai não está traindo apenas ao companheiro, companheira, na verdade, ele está traindo também a si mesmo, aos planos e sonhos que ambos fizeram juntos. A parte traída, sente-se humilhada e enganada…


REFLEXÕES SOBRE O AMOR INCONDICIONAL, por Zenon Lotufo Jr.

Efeitos do amor sem condições  "Não sei mais o que fazer com esse meu filho! Já tentei prêmios e castigos, já fiz tudo o que era possível e parece que nada dá resultado; ele está cada vez pior."  A mãe amargurada se queixa do filho,…


REFLEX�ES SOBRE SANTIDADE E SEXUALIDADE Contribuição do Bispo Dom Celso Franco de Oliveira

REVMO. NJONGONKULU NDUNGANE, ARCEBISPO DA CIDADE DO CABO, ÁFRICA DO SUL EM PORTO, PORTUGAL, EM 25 DE MARÇO DE 2000 O título desta palestra é “Santidade e Sexualidade”.  Muitos, especialmente aqueles educados na tradição filosófica grega, que incluiria a maioria dos presentes aqui hoje, provavelmente…


RELAÇÕES FAMILIARES – A FALTA QUE FAZ FALTA, por Vanessa Torres de O. Ferreira.

A família tem sido objeto de constantes discussões e indagações, seja no campo das ciências sociais, da religião, da psicologia, seja em outras áreas do saber. A mídia veicula a seu respeito inúmeras fórmulas, métodos, propostas de saída e soluções na tentativa de resolver os…


SAÚDE: CIÊNCIAS, SOCIEDADE E ANTROPOLOGIA BÍBLICA, por Ageu heringer Lisboa

Os humanos sempre se interrogaram sobre o porquê ou o sentido do sofrimento e da morte. As mais remotas respostas têm a ver com a intuição da vida como pertencendo a um vasto cosmos, pleno de sentido sagrado, povoado de deuses, demônios, espíritos relacionados com…


SEMANA SÍRIA por Cleydemir de Oliveira Santos

Dia 19 foi o dia do Índio. Poderia refletir seriamente sobre suas necessidades, a má administração de recursos a eles destinados, nossa responsabilidade com uma cultura que foi violentada e desrespeitada ao longo dos  séculos, como se nós fôssemos melhores, ou com mais direito do…


SER-SÓ: A ESPERAN�A CONTRA A SOLIDÃO, por Raul Iserhard

Faço uma afirmativa: a sociedade não é a causadora de nenhuma doença mental conhecida. É ingênuo ou até irresponsável querer esta vinculação. A sociedade não tem como ser responsável pelos desvios biológicos, genéticos ou de desenvolvimento, da essência do ser humano. O que ela faz…


SERMÃO DE DESPEDIDA DO PASTOR OSKAR PFISTER (1873 – 1956), tradução por Érico Werner Kepler

Evangelho de João 13.34:   "Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei."   Querida Igreja! Pela última vez estou hoje como seu pastor ordenado diante de vocês. Foi no dia 27 de abril de 1902 que proferi…


SEXUALIDADE E ESPIRITUALIDADE Congresso CPPC – Sul, Gramado, 1997

1. Apresentação: cada participante traz uma palavra que lhe ocorre sobre sexualidade e espiritualidade. 2. Introdução Diz Blaise Pascal: A fé abarca muitas verdades que parecem contradizer-se umas às outras. Por exemplo: "há um tempo de rir e um tempo de chorar." A fonte desta…


SEXUALIDADE E ESPIRITUALIDADE: PERPLEXIDADES E HARMONIAS por José Cássio Martins

por José Cassio Martins   “SEXUALIDADE E ESPIRITUALIDADE”? Nesta jornada teremos a rica oportunidade de explorar a conexão entre sexualidade e espiritualidade. A simples menção do tema já desperta uma enormidade de perguntas e até, possivelmente, fortes emoções. Isto tem a ver com o contexto…


SEXUALIDADE E ÉTICA EM TEMPOS DE BILL CLINTON por Carlos “Catito” Grzybowski

A poucos meses atrás os Estados Unidos pararam para assistir o depoimento do affair amoroso do presidente Bill Clinton com sua ex-estagiária, Mônica Lewinski.   Impressionante o espaço que ocupou nos maiores jornais do mundo com as minúcias de detalhes tal depoimento. Mais impressionante ainda…


SEXUALIDADE E INFÂNCIA por Ageu Heringer Lisboa

A natureza humana é um composto de instinto, cultura e espírito. Nossa sexualidade, longe de estar pronta desde o nascimento, receberá diversos ingredientes que influirão em seu desenvolvimento. Um potencial genético recebe estímulos sensoriais e modelação cultural. Em si mesma a pulsão sexual é plástica,…


SIMÃO E A PECADORA, por Karin Wondracek

Lc 7:36-49   "Um fariseu convidou-o a comer com ele; ele entrou na casa do fariseu e se recostou à mesa".   No evangelho de Lucas, os fariseus não recebem tanto enfoque crítico como nos outros evangelhos. Tomado neste sentido, podemos dizer que meu lado…


TEMOR X AMOR EM RM 8:15, por karl kepler

Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! (Rm 8.15) Uma característica muito comum enraizada nos crentes que vêm à terapia é uma espécie de "medo de Deus". Todos…


TEOLOGIA PARA TERAPEUTAS, OU FERRAMENTAS BÍBLICAS PARA TERAPIA DE CRISTÃOS por Karl Kepler

Tratando neuroses instaladas em nome de Deus -   por  Karl Kepler   Texto “Limites” (Psicoteologia): tanto a psicologia quanto a Igreja têm limites Ética x “ensinar” Bíblia em terapia; o ser procurado por ser cristão abre essa porta/dívida   Nosso contexto   Advertência: Vamos deixar claro desde…


TEOPSICOLOGIA, por Karl kepler

Se alguém não aborrecer pai e mãe não pode ser meu discípulo (Lucas 24.24) Há alguns versículos da Bíblia que chegam a nos assustar. Até uma das nossas traduções se apressou em pôr uma nota no rodapé, tentando amenizar o impacto, dizendo: "aborrecer, isto é,…


TERAPIA SÓCIO COMUNITÁRIA DO CPPC/ SP

1 - Histórico da proposta Há muitos anos vimos como Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos e mais particularmente na Regional São Paulo, nos inquietando com a necessidade de gerarmos uma proposta de  atendimentos em espaço de Clínica Socializada. Com essa proposta conseguimos que a…


TRANSFERÊNCIA: “OVELHAS VESTIDAS COMO LOBOS”, por David Kornfield

Você já ouviu falar na dinâmica da transferência?  Sabe dos efeitos negativos e devastadores que ela pode causar numa comunidade?  E vocês, pastores ou líderes, acreditam que na Igreja do Senhor pode existir tal dinâmica, por causa das graves feridas de alguns membros?  E que…


UM EXERCÍCIO DE ENCONTRO COM DEUS, por Carlos Hernández

ENCONTRO COM O CARLOS HERNÁNDEZ 02 a 04 de novembro de 2001 Começamos o dia em silêncio. É muito bom cumprimentar sem palavras. O abraço, o afago, dizem mais. Mas é difícil tomar a iniciativa. No café os gestos são mais cautelosos, medidos. Observamos e…


UM OUTRO MUNDO POSSÍVEL por Fatima Fontes

O CPPC tem tudo a ver com isso! Vivo ainda hoje as ressonâncias do impacto que provocou em mim o V Forum Social Mundial, realizado em Porto Alegre de 26 a 31 de Janeiro de 2005, e que nesta sua quinta versão congregou mais de…


UM PASTORADO DA SEXUALIDADE, por Karl Kepler

Para os pais, mães, “tios e tias” da nossa koinonia (e outros irmãos e irmãs que lidam com adolescentes e jovens cristãos), pensando em  Filipe, Rafael, Melina, Mariana, Pi, Pedro, Gabriel, Léo, Larissa, Débora, Nicholas, Gui, Júlia, Bibi, Lulu, Isadora, Leonora, Antônio e outros quantos…


UM SALMO DA PSICO-TEOLOGIA, por P. Paulo Sérgio Einsfeld

O Salmo 16 entre minha fé e psicologia; ou: UM SALMO DA PSICO-TEOLOGIA Guarda-me, ó Deus, porque em ti me refugio, em meio à correria de compromissos, cobranças e responsabilidades Digo a Javé: Tu és o meu Senhor; outro bem não possuo, outro alicerce de…


UMA TEORIA TEOLÓGICA DAS EMOÇÕES: APLICAÇÕES EM PSICOTERAPIAS, por Francisco e Zenon Lotufo

UMA TEORIA TELEOLÓGICA DAS EMOÇÕES: APLICAÇÕES EM PSICOTERAPIA Zenon Lotufo Jr.1 Francisco Lotufo Neto2 Revista de Psiquiatria Clínica do Departamento de Psiquiatria da Universidade de São Paulo Volume 28 – No 6 – 2001 Resumo Os Autores propõem um paradigma de base teleológica na abordagem…


UMA VIAGEM AO SI MESMO: O CHAMADO E A ESCUTA, por Carlos Hernandez

"vinde a mim todos os cansados" 1) O chamado pertence à ordem "do que vem", não há como ter um sinal dele; o chamado sempre é um "presente". É algo que sempre está vindo, e por sua vez sempre tem estado presente; portanto, o chamado…


VELHA ALIANÇA E NOVA ALIANÇA, por Karl Kepler

ESBOÇO DO EVANGELHO (Um auxílio para compreender a diferença entre Nova e Velha Aliança, e solidificar uma base comum para nossas discussões, por Karl Kepler) "..lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o…


VENCENDO A DEPRESSÃO, por Zenon Lotufo

VENCENDO A DEPRESSÃO Publicado na revista “Luzeiro”, São Paulo, outubro de 1998. Dr. Zenon Lotufo Jr.* O que é depressão   Se você já se sentiu deprimido em algum momento de sua vida, saiba que não está só; uma quantidade muito grande de pessoas de…


VIOLÊNCIA: A INVENÇÃO COTIDIANA DO MAL , por Ageu Heringer Lisboa

“... mas livra-nos do mal”. Inicialmente preciso confessar aos leitores o quanto me foi custoso emocionalmente me colocar sob este tema  existencialmente e tratá-lo não como mera ocupação acadêmica. Senti-me como quem, atravessando um rio, descobre súbitas correntezas e fundos falsos desequilibradores. Descubro em mim…


VIOLÊNCIAS SOFRIDAS NA INFÂNCIA E SEUS REFLEXOS NA VIDA ADULTA, por Rozangela J.

Este trabalho representa o resultado dos estudos realizados por Rozângela  J. e Sylvanyr Castro, na PUC-Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,  para a disciplina: Introdução ao Debate e aos Estudos sobre Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes, ministrada pela professora Irene Rizzini e sua…


“ A CRIANÇA QUE NÃO TIRA BOAS NOTAS NA ESCOLA, NÃO É INTELIGENTE OU NÃO GOSTA DE ESTUDAR” , Simone V

“ A CRIANÇA QUE NÃO TIRA BOAS NOTAS NA ESCOLA, NÃO É INTELIGENTE OU NÃO GOSTA DE ESTUDAR” SERÁ QUE ISTO É SEMPRE VERDADE? É bem provável que alguns de nós já tenha ouvido alguma afirmação semelhante a esta. Na verdade, esta seria uma análise…


'